Força de vontade

“Ulisses sabia o quão fraca era a força de vontade humana quando pediu à sua tripulação para amarrá-lo a um mastro enquanto navegavam próximos às sereias” Patricia Cohen

Força de vontade não está à nossa disposição o tempo inteiro, aguardando nossa chamada a qualquer momento. Por maior que seja nossa motivação, nossa força de vontade vem e vai, depende de várias circunstâncias.

Pense na sua força de vontade como a bateria do seu telefone celular.

Toda manhã você começa com ela cheia. Conforme o dia passa ela vai se desgastando. Ela tem uma vida limitada, mas pode ser recarregada. Força de vontade é como gasolina no tanque do seu carro: quando você resiste a algo tentador, você usa um pouco, quanto mais usa, menos tem, até que fica sem combustível.

Força de vontade é como um músculo que é poderoso, mas não tem resistência.

Se você a usa para uma tarefa, restará menos força disponível para a próxima, a não ser que você a recarregue. Todos concordam que recursos limitados devem ser gerenciados com cuidado, mas agimos como se nosso suprimento de força de vontade fosse infinito.

Importância da Força de Vontade através da vida. Stanford University`s Bing Nursery School. Pesquisador Walter Mischel, final dos anos 60, início dos anos 70. Mais de 500 crianças, entre 4 e 5 anos, teste do Marshmallow: Ofereciam um doce à criança e, se ela aguardasse para comê-lo até a volta do pesquisador, 15 minutos depois, ela ganharia mais um. Um doce agora, dois doces depois.

Na média, as crianças resistiam três minutos. Somente 3 em 10 postergaram o prazer até a volta do pesquisador. Em 1981 Mischel retomou a pesquisa, confirmando seu palpite: força de vontade para postergar recompensas é um grande indicador de sucesso futuro.

Pelos próximos 30 anos ele e seus colaboradores publicaram numerosos artigos dando conta que, as crianças que resistiram à tentação, agora adultos, de modo geral eram bem sucedidas em todas as dimensões das suas vidas

Alvaro Loro – Psicólogo e Storyteller

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *